quarta-feira, 26 de setembro de 2012

A primavera chegou!


O scrapbook tem sido uma das minhas alternativas para esquecer da dor e das tardes solitárias. É gratificante ver uma ideia concretizada entre papéis e tesoura. É um processo criativo que às vezes passa por pesquisa na internet, combinação de cores, testes de tintas e textura. Mas o principal é quando tenho que escolher a foto.


É gostoso lembrar de momentos simples que me fizeram felizes. Essa tal felicidade que a gente quer que nos encontre e não vá embora nunca mais. Mas isso seria uma injustiça divina. A vida faz par com nossos medos e expectativas.


Eu não sei onde minha vida vai parar ou se ela vai continuar de onde ela parou. Não sei quando toda a dor vai acabar. Minha doença é invisível de nome, mas o que ela me tirou, embora temporariamente, está comigo todo dia.


E aí eu tento ser feliz com que me resta: a arte!
Bjo!

2 comentários:

Andreia Candy disse...

LINDO TRABALHO! ACHEI SUPER DELICADO E COM UM AR PROVENCE. QUERO TE CONVIDAR PRA CONHECER MEUS TRABALHOS TAMBEM NO BLOG www.andreiacandy.blogspot.com
BJU E CONFIA EM DEUS,
ANDREIA

Carol Bugay disse...

Regi, seu bloguito ficou lindo!!! Amei... ficou a sua cara!
Beijos pra vc queridona!!
<3

Pin It button on image hover